Vendo resultados

29/janeiro/2008 - Geral

Olá!

Saiu na Computer World :

Elektro usa TI para emitir faturas por e-mail

Empresa de distribuição responsável pelo fornecimento de energia disponibiliza esse serviço aos grandes clientes e informações pelo celular para usuários residenciais.

A Elektro, distribuidora paulista responsável pelo fornecimento de energia a cerca de 2 milhões de consumidores em 223 cidades no Estado de São Paulo e cinco cidades do Mato Grosso do Sul, passou a realizar a emissão de faturas detalhadas via e-mail, destinada aos chamados clientes de alta e média tensão.

Isso foi possível porque a empresa adotou um sistema de gestão comercial desenvolvido pela Elucid – consultoria especializada no fornecimento de soluções para o setor elétrico – o que beneficia cerca de 6 mil empresas e indústrias que representam os maiores consumidores da companhia e garantem o fluxo de caixa da Elektro.

Segundo a distribuidora, este processo agilizou o pagamento das contas neste segmento de clientes e auxiliou a centralização dos dados com gasto de energia para várias filiais.

Além disso, os consumidores residenciais passaram a ter a possibilidade de receber a fatura completa até o final de 2008 e a Elektro pode ampliar os serviços disponíveis na web. O portal da companhia tornou-se um importante canal de atendimento aos consumidores, atendendo até 120 mil solicitações de serviços por mês, tais como pagamentos, impressão de segunda via, alteração de dados cadastrais, religação de energia, histórico de consumo, solicitação de débito automático, entre outros.

Hoje, metade dos serviços disponíveis tanto no portal quanto no call center já são feitos via web; 96% das segundas vias de fatura são solicitadas pela internet.

A ferramenta adotada ainda permite a extração de relatórios gerenciais, com informações que vão desde o perfil do cliente até dados comerciais para apoiar a recuperação de perdas, tudo com alto nível de granularidade. E isso facilita a geração de relatórios quando a Aneel solicita.

Segundo a Elektro, outro fator importante foi a aderência do produto às práticas da lei Sarbanes-Oxley. A distribuidora aderiu às normas em novembro de 2006 e o sistema comercial foi o primeiro a se adequar. Isto permitiu à organização respeitar o agressivo prazo de três meses para se encaixar na regulamentação, sem mais problemas de conformidade.

Fonte: http://computerworld.uol.com.br/gestao/2008/01/24/elektro-usa-ti-para-emitir-faturas-por-e-mail/

É muito bom saber que o meu trabalho e dos meus colegas estão dando resultados para o cliente. Os serviços online da Elektro, do Grupo Rede, da Celesc, da Cemar, da Santa Cruz e da EletroAcre são desenvolvidos pela Elucid.

Até a próxima!

Share


Deixe um comentário